Bull Terrier É Perigoso

Infelizmente, muitas pessoas ainda fazem essa associação, de pensar que o Bull Terrier é perigoso, porém, isso é um mito e vamos desmistificar se o Bull Terrier é uma raça perigosa ou não.

Na realidade, o Bull Terrier é um cão extremamente brincalhão, muito afetuoso e um excelente companheiro, até para as crianças.

Mas por que será que ele tem essa fama?

E por que algumas pessoas ainda têm medo e acham que ele está pronto para morder?

Para tirar todas as suas dúvidas, vamos explicar de onde veio essa teoria que o Bull Terrier é perigoso e agressivo, e mostrar todas as suas características.

Então continue aqui e conheça mais sobre essa raça!

Bull Terrier É Perigoso?

Origem do Bull Terrier

O Bull Terrier é originário da Grã-Bretanha, e vem de cruzamentos realizados entre o Antigo Buldogue Inglês e o extinto Terrier Branco Inglês no século XIX.

O objetivo era criar um cão “perfeito” para participar de combates com outros animas, por exemplo, touros e ursos, combates esses que eram muito apreciados na época, os desportos sangrentos, envolvendo cães.

Em 1835, essa prática foi proibida por lei na Inglaterra, o que fez com aumentasse a popularidade dos combates clandestinos, entre cães com cães, tendo texugos como iscas.

Por esse motivo, os entusiastas desse esporte, começaram a fazer a cruza entre o Antigo Buldogue Inglês com o Terrier Branco Inglês, na busca de um cão mais firme que o Terrier e menos potente que o Buldogue.

Denominado “Bull And Terrier” apareceram os primeiros exemplares da raça, que viria a ser a base de toda a criação dos cães da divisão do Grupo dos Terriers do Tipo Bull.

Na década de 1860 o Criador e Comerciante de cães James Hinks aproveitando da popularidade que o Bull And Terrier havia ganhado, realizou o cruzamento do Buldogue Inglês com o Terrier Branco Inglês, buscando a beleza e fixar a cor branca.

Ele apresentou o resultado em uma exposição de cães e ganhou muitos admiradores e conseguiu clientes de classe média e alta.

Outras raças foram introduzidas no cruzamento, como o Dalmata e possivelmente Whippet, Pointer, Collie e o Borzoi na busca de alongar o crânio. O novo cão produzido logo foi chamado de Hink’s Bull Terrier ou The White Cavalier. Pouco tempo depois, a raça ficou popularmente conhecida, somente como Bull Terrier.

Hoje, é um excelente cachorro de companhia, afetuoso e apaixonado por sua família.

Saiba aqui tudo sobre o: Cachorro Bull Terrier.

Bull Terrier Características

O Bull Terrier se caracteriza por sua grande lealdade e proximidade com seu dono. Carinhoso, ele ama ficar perto das pessoas e não gosta da solidão.

Muito brincalhão, o Bull Terrier tem muita energia. Ele adora correr, mas principalmente gosta de brincar junto com seu dono e os outros membros da família.

Medindo de 40 a 50 cm, ele pode pesar entre 20 e 40 kg dependendo do sexo.

Seu pelo é curto e pode ter diferentes cores, como branco puro, com manchas negras ou marrons na sua cabeça, dourado, tigrado, preto ou tricolor.

Você pode saber mais sobre as cores aqui: Bull Terrier Cores.

Bull Terrier Brincando

Saúde e cuidados

Por conta do seu pelo curto, basta escovar algumas vezes na semana.

Por outro lado, é preciso tomar cuidado quanto à frequência dos seus banhos e aos produtos utilizados, pois o Bull Terrier pode facilmente desenvolver alergia.

Na verdade, o Bull Terrier possui uma pele sensível e tem mais chance de apresentar alergias. Escolhendo o shampoo certo, muitos problemas podem ser evitados.

Também é recomendado proteger sua pele do sol pleno, assim como a temperaturas muito frias.

Um cão robusto e musculoso, o Bull Terrier é uma raça com uma boa expectativa de vida, que pode variar de 10 a 15 anos, para cães saudáveis e livres de doenças hereditárias.

Saiba aqui tudo sobre a saúde do seu cãozinho: Saúde Canina.

Bull Terrier É Raça Perigosa?

 Alimentação

O Bull Terrier é muito guloso, e isso pode fazer com que ele adquira alguns quilos a mais, ficando com sobrepeso.

Portanto, é necessário oferecer uma alimentação equilibrada e nas porções certas, caso contrário, você pode prejudicar a sua saúde.

Saiba aqui qual a Melhor Ração Para Cachorro.

Vale a pena conversar com o veterinário para saber qual a ração mais indicada, de forma a atender suas necessidades nutricionais e limitar um pouco o aporte calórico.

Saiba aqui tudo sobre a Alimentação Canina.

 Bull Terrier é uma Raça Perigosa?

Como já foi dito, o Bull Terrier não é um cão perigoso, seus ancestrais foram cães de combate, e daí que veio sua má reputação de cachorro perigoso e agressivo.

Apesar do seu porte físico avantajado que pode às vezes assustar, o Bull Terrier é um cachorro carinhoso, até mesmo com os estranhos.

Sem qualquer agressividade, esse cachorro recebe as visitas sempre fazendo festa. Sua energia pode surpreender, pois ela reflete sua grande alegria de viver.

O Bull Terrier é considerado uma raça um pouco teimosa. Sua educação pode ser um pouco complicada porque sua grande energia pode o impedir de se concentrar.

Por isso, é aconselhável que as seções sejam curtas, mas repetidas regularmente, e é importante impor regras desde muito novo para não desenvolver nenhum mau comportamento.

Agora, se eles ficam muito tempo presos e sem uma rotina saudável, podem apresentar um comportamento indesejado.

Por isso que é tão importante dar muito amor e carinho e não estimular os maus comportamentos.

Bull Terrier É Uma Raça Perigosa?

Conclusão

Com tudo o que você viu aqui, se ainda tinha a ideia de que o Bull Terrier é perigoso, ou se o Bull Terrier é raça perigosa, provavelmente você já mudou de opinião.

Vale só lembrar aqui que os cachorros podem apresentar sinais de agressividade em razão de diversos fatores, e isso não é exclusivo do Bull Terrier.

Por isso, a recomendação é educá-lo desde cedo e dar muito amor e carinho!

Veja aqui: Porque Educar o Filhote de Bull Terrier Desde Cedo.