Qual Remédio Dar Para Cachorro Com Dor

Por Robson Difaro •  Postado em: 11/04/22 •  9 min de leitura

Não tem como ver seu cachorro sofrendo e se sentir impotente diante dessa dor, e é nesse momento que você se pergunta: qual remédio dar para cachorro com dor?

Antes de mais nada, saiba que é muito perigoso tratar a dor do cachorro da mesma maneira que você trataria aquela de um ser humano.

Os analgésicos e anti-inflamatórios indicados para os humanos geralmente não são recomendados para aliviar a dor do cachorro, e outras alternativas menos perigosas existem.

Caso desejar saber tudo sobre a alimentação do seu cãozinho, acesse: Alimentação Canina.

Portanto, qual remédio você pode dar para aliviar a dor do seu cachorro?

Continue a leitura e descubra!

Remédio para cachorro com dor

Qual é o Mecanismo da Dor?

Antes de saber qual remédio dar para cachorro com dor, vale a pena entender como funciona o mecanismo da dor.

Independentemente da causa, o mecanismo fisiológico da dor é sempre o mesmo e pode ser explicado assim:

Quando Dar Analgésicos ao seu Cachorro?

Antes de mais nada, é importante diferenciar dois tipos de dor:

É essencial distinguir esses dois tipos de dores, pois não as trataremos da mesma maneira.

Enquanto as dores agudas são tratadas pontualmente, as dores crônicas devem ser tratadas ao longo da permanência da dor do cachorro.

Vale apenas lembrar que no caso de artrose em cachorro idoso, essa dor pode estar presente até o fim de sua vida.

No entanto, a artrose secundária em cães jovens pode ser tratada, a partir principalmente de uma mudança na alimentação, adaptada às suas necessidades.

Portanto, será benéfico dar analgésicos para seu cachorro quando ele:

Aprenda aqui como fazer: Soro Caseiro Para Cachorro.

Como Reconhecer a Dor no Cachorro?

A dor aguda é mais fácil de reconhecer, e mesmo se o cachorro durante a consulta no veterinário tende a esconder seu sofrimento, um tutor atento pode perceber alguns sinais característicos:

Já a dor crônica é mais difícil de identificar.

Ela se traduz geralmente por alterações no estado geral: perda de peso, falta de apetite, problemas de sono, calma incomum, desinteresse pelas brincadeiras, agressividade pontual.

Entenda aqui absolutamente tudo sobre: Cachorro Com Dor De Barriga.

Qual Remédio Dar Para Cachorro Com Dor?

Remédio para cachorro

Antes de querer acabar e aliviar a dor do seu cachorro, é crucial saber se você pode dar analgésicos ou anti-inflamatórios de humanos para seu peludo.

Vamos listar aqui os medicamentos proibidos e permitidos, e assim, você não coloca a vida do seu cachorro em risco.

Entenda os riscos do sobrepeso em: Cachorro Obeso.

1. Aspirina e Ibuprofeno Para Cachorro

Nós temos o hábito, em caso de dor, quase que no automático, tomar uma aspirina ou ibuprofeno.

Mas esses medicamentos são recomendados para nossos amigos de quatro patas?

No cachorro, esses remédios podem causar efeitos secundários graves, como:

Às vezes, o veterinário até poderá prescrever ao seu cachorro esses medicamentos, particularmente se ele apresentar algum problema cardíaco ou tromboses venosas: a aspirina e o ibuprofeno permitem a fluidificação do sangue.

No entanto, a automedicação com esses analgésicos é terminantemente contra indicada para seu cachorro, além de devem ser evitados o máximo possível.

2. Paracetamol Para Cachorro

Saiba que a enzima que permite tratar o paracetamol está presente em uma quantidade bem menor no fígado do cachorro do que do humano.

É por isso que, quando você dá paracetamol ao seu animal, acumula no seu fígado, e destrói as células, podendo atingir o sangue.

Consequência? O paracetamol pode ser fatal para seu cachorro. Logo, é totalmente proibido dar paracetamol para seu cachorro.

3. Dipirona Para Cachorro

A dipirona para cães com dor ou febre pode ser dada, desde que receitada pelo veterinário.

Na verdade, a dipirona age como analgésico e não para tratar a doença em si.

Vale mencionar aqui que a superdosagem de dipirona pode causar efeitos colaterais, como vômitos, diarreia e gastrite.

Por isso, a dosagem deve ser de acordo com o peso, assim como a frequência, e apenas o veterinário é capaz de deterimnar a dose adequada.

Ao definir qual remédio dar para cachorro com dor, ele pode ser administrado via oral, por injeção, via retal e em alguns caso, por via transdérmica.

Entenda mais sobre a Doença do Carrapato.

Qual Remédio Dar Para Cachorro Com Dor Para Aliviar a Artrose?

Remédio Para cachorro com dor 2

Para aliviar as dores do seu cachorro, todo cuidado é pouco, em razão dos efeitos negativos na sua saúde.

É importante que todos os tutores conheçam os riscos de certos medicamentos, mas também saber que existem alternativas naturais e eficazes.

Você talvez não sabe, mas em determinados casos, tratamentos naturais realmente tratam a causa, enquanto outros medicamentos focam unicamente nos sintomas e só terão efeito a curto prazo.

Veja alguns exemplos de anti-inflamatórios:

1. Anti-inflamatórios esteróides

Os anti-inflamatórios esteróides são corticóides utilizados no cachorro para combater a dor e a inflamação, mas também contra edemas.

A cortisona é o anti-inflamatório mais comum e o mais frequentemente prescrito.

Embora eficazes, isso não significa sem riscos.

Utilizados em doses altas, possuem propriedades imunosupressoras, enfraquecendo o sistema imunológico do cachorro.

Por consequência, o animal fica mais vulnerável às infecções bacterianas e virais.

2. Anti-inflamatórios não esteróides

Já os anti-inflamatórios não esteróides são prescritos como analgésicos, para combater uma inflamação, mas também como antipirético contra a febre.

Todos os anti-inflamatórios não esteróides são muito eficazes no caso de inflamações agudas, como crises de artrose no cachorro.

No caso específico da artrose, esses anti-inflamatórios permitem unicamente aliviar a dor pontual, mas não atacam a causa do fenômeno degenerativo.

Lembre-se sempre: nenhum desses medicamentos podem ser dados ao seu cachorro sem a autorização do veterinário!

Você também pode se interessar por: Meu Cachorro Se Coça Muito Mas Não Tem Pulga.

Quais Remédios Naturais Para Cachorro Com Dor?

Cachorro com dor

Hoje em dia, você encontra vários medicamentos naturais para cachorro com dor, seja para aliviar dor de barriga, combater inflamações, problemas digestivos ou até a ansiedade do seu cachorro.

Confira, a seguir, alguns tratamentos naturais e para que servem:

1. Cúrcuma

Especiaria muito utilizada na cozinha indiana, a cúrcuma também é benéfica para a saúde do seu cachorro.

Seu composto ativo, a curcumina, ajuda a reduzir a inflamação e beneficia cães que sofrem de artrose, de doenças dentárias e renais, que são condições e doenças causadas pela inflamação.

Apenas saiba que também funciona como um esteróide natural, o que significa que cães alérgicos podem se beneficiar bastante.

2. Óleo de Côco

O óleo de coco contém uma gordura saudável, que ajuda a combater infecções e alergias.

Também possui ácido láurico, que faz maravilhas para problemas de pele, e por suas propriedades antifúngicas, podem ajudar a tratar a dermatite de contato, o eczema e também irritações e lesões, onde algumas podem causar dor.

Saiba mais: Como Alimentar Cachorro Com Doença Do Carrapato.

Como Dar Remédio Para Cachorro Com Dor?

Um tratamento para cachorro com dor deve ser prescrito pelo veterinário, mas para resultados eficazes, é importante:

Lembre-se que a resposta ao analgésico é individual, logo, cada cachorro responde de uma maneira, às vezes, é necessário experimentar vários até encontrar aquele que alivie a dor do seu animal.

 

Agora que você já sabe tudo sobre qual remédio dar para cachorro com dor, é bom ter bem claro que a dor é um sintoma e permite assim estabelecer um diagnóstico rápido.

Além disso, não é porque a dor  diminuiu que a doença não evoluiu.

Por isso, a importância de consultar o veterinário regularmente, pois é a melhor maneira de garantir a saúde do seu cachorro!

Para saber tudo sobre a saúde do seu cãozinho acesse: Saúde Canina.

Robson Difaro

Criador Profissional de Cães da Raça Bull Terrier com mais de 10 anos de experiência. Presidente do Kennel Clube de Goiás e Vice Coordenador do Conselho Brasileiro da Raça Bull Terrier. Seu objetivo na raça é a busca de cães típicos, com todas as características inerentes a um verdadeiro Bull Terrier, como temperamento, tipicidade, função e genética, sempre respeitando seus pilares da Criação Ética e com Respeito e amor aos cães.